Portal CNM

(61) 2101-6605

Municiência - Municípios Inovadores
Municiência - Municípios Inovadores


XX Marcha: CNM vai apresentar projeto para fortalecimento da governança municipal

Espalhe esse conteúdo:

Facebook
Segunda, 03 de abril de 2017.

03042017 MunicienciaMarchaA programação da XX Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios está repleta de espaços para debater temas importantes ao municipalismo. Dentre esses, está o projeto Governança Municipal, que deverá estimular a discussão sobre iniciativas inovadoras na gestão pública. O projeto foi criado pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) em parceria com a União Europeia. Para a entidade, é fundamental a cooperação entre universidades e centros de ensino e a administração local.

O projeto tem por objetivo contribuir para o fortalecimento de capacidades locais de implementação de políticas públicas a partir da identificação, da promoção, do intercâmbio de práticas e da replicação de inciativas inovadoras e bem-sucedidas que contribuam para a melhoria do desempenho da gestão. Além disso, busca-se construir uma rede de gestão do conhecimento por meio de uma plataforma online para troca de informações, experiências e formação online sobre gestão municipal, com a participação dos diferentes atores sociais.

Entre os participantes estão o presidente da Associação Mineira de Municípios (AMM), Antônio Carlos de Andrada; o diretor de Relações Institucionais da Universidade Federal de Viçosa (UFV), Alair Ferreira de Freitas; e as consultoras da CNM Denise Messias e Márcia Joppert. A UFV tem a Casa dos Prefeitos como braço de articulação com os Municípios.

Veja aqui mais informações sobre o MuniCiência.

XX Marcha
O evento ocorre de 15 a 18 de maio, no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB)., A Marcha a Brasília chega à 20ª edição consolidada como o maior evento político em número de autoridades do mundo. Entre outros pontos essenciais ao equilíbrio das administrações locais, a Confederação, junto às entidades estaduais e microrregionais, defende o “encontro de contas” entre governo federal e Municípios, a redução do custeio das máquinas públicas e os recursos financeiros condizentes com as competências estabelecidas pelo pacto federativo.

Veja a programação preliminar do evento e se inscreva aqui